CD "Choro Caipira" - Uma homenagem a "Ernesto Nazareth" Álbum · 2017

 

I - Ouro Sobre Azul

III - Matuto

V - Brejeiro

VII - Escovado

IX - Suculento

II - Nenê

IV - Flourax

VI - Primorosa

VIII - Furinga

X - Eponina

  

CD Trilhos da Vida -  Álbum · 2015


O músico Fábio Porte, nascido em São Paulo, Capital, lança seu novo trabalho, o CD Trilhos da Vida, com o propósito de mostrar as dimensões que a viola caipira possui: além de folclore e sertão, o instrumento também tem MPB em seu DNA.


O disco Trilhos da Vida também nos conclama a preservar nossos mananciais. A água é nossa maior fonte de vida, mas vem se tornando recurso cada vez mais escasso. Recanto das Águas, por exemplo, é uma homenagem à Serra do Japi, considerada o  “Castelo das Águas” na região sudeste de São Paulo.


Com a tessitura da viola caipira, Fábio Porte usa a linguagem da música nordestina e por meio de Patativa e os olhos da Alma reverencia o poeta cearense Patativa do Assaré.


Ritmos como Guarânia, Xote,Toada e Rasqueado Paulista também estão presentes e dão forma a canções que retratam o Centro-Oeste do Brasil, o Pantanal mato-grossense, os casarões antigos da Avenida Paulista e as riquezas da literatura mineira, além da história do Tropeirismo -- movimento dos Bandeirantes que viajavam com seus muares de Viamão a Sorocaba a caminho do ouro.


Trilhos da Vida é o amor pela poesia, em parceria com a Natureza, que é inspiração divina!

 

01. JORNADA NO TEMPO

02.RECANTO DAS ÁGUAS (PARTICIPAÇÃO JOÃO ORMOND)

03. AONDE VAI LINDA MORENA

04. ITUPEVA LINDA CASCATA

05. PATATIVA E OS OLHOS DA ALMA

06.TRILHOS DA VIDA

07.JÁ QUERO VOLTAR (UM DIA NO CAMPO)

08.CANTO DAS GERAIS

09.XOTE DA GAROA

10. ORAÇÃO DO SERTANEJO

 

 

CD Jacarandá do Brasil - Álbum · 2013
 
Aqui você terá a sua inteira disposição trechos das canções do CD Jacarandá do Brasil para ouvir.

 

01. VIAJANTES - Partitura

02. JACARANDÁ DO BRASIL - Partitura

03. ITAIPU - Partitura

04. PAGODE DO COCO - Partitura

05. VIOLA MATOGROSSENSE - Partitura

06. MEU BAIÃO - Partitura

07. BARONESA - Partitura

08. XOTE DAS MARIAS - Partitura

09. VIOLEIRANDO - Partitura

10. CORAÇÃO DE VIOLEIRO - Partitura

 

1. Viajantes – Rasqueado paulista.
A canção “viajantes”foi composta no ritmo Rasqueado. Originário do interior do Mato Grosso tornou-se um sucesso em todo o país, firmando sua marca e expressão.
Há diferenças na execução desse ritmo, o paulista toca de uma forma mais lenta, ao contrário do ritmo originário mato-grossense.

2. JACARANDÁ DO BRASIL – Cateretê - (título do CD)
Uma madeira de cor forte vinda da natureza é um bem divino, que proporciona uma excelente acústica para instrumentos de corda.
Muito procurado por Luthier para fabricação de instrumentos musicais, o jacarandá é uma das madeiras mais valorizadas, uma preciosidade do Brasil. Tem sido explorada desde a fase colonial. Hoje se encontra na lista de espécies ameaçadas do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis.

3. Itaipu – Rasqueado paulista.
Esta canção vem homenagear a maior geradora de energia do mundo: Itaipu, uma usina hidrelétrica Binacional, construída por dois países: Brasil e Paraguai.
Localizada na região de fronteira, no rio Paraná, entre as cidades de Foz do Iguaçu no Brasil e Ciudad Del Este no Paraguai,está na lista das sete maravilhas do mundo moderno.

4. Pagode do coco – Pagode sertanejo.
Pagode do coco é um estilo musical, onde o violonista executa a levada nordestina do ritmo coco e a viola caipira executa o batido do pagode sertanejo caipira.
Foi criado por TIÃO CARREIRO, que gravou a canção “PAGODE EM BRASÍLIA” de autoria de Lourival dos Santos e Teddy Vieira, especialmente em homenagem à inauguração da cidade de Brasília, a pedido do presidente Juscelino Kubitschek.

5. Viola Mato-Grossense – Polka Paraguaia.
A canção Viola Mato-grossense vem homenagear Helena Meireles, tocadora de viola caipira, cantora, compositora, nascida em 13 de agosto de 1924, com um talento extraordinário. Suas composições eram muito conhecidas no Mato Grosso do Sul. Aos 67 anos se apresentou no teatro e logo em seguida gravou seu primeiro CD.

6. Meu baião – Baião.
A canção Meu baião vem homenagear LUIZ GONZAGA, que recebeu o título de rei do baião e ficou conhecido em todo o mundo por seu carisma e sua obra musical.

7. Baronesa – Valseado.
A instrumental Baronesa foi feita para homenagear a primeira locomotiva a vapor brasileira (1854), um patrimônio histórico nacional. Tinha somente dois vagões de primeira classe e foi a primeira a trafegar no Brasil, inaugurando a ferrovia Barão de Mauá.
O nome Baronesa foi dado à locomotiva como uma homenagem de Dom Pedro II à esposa do Barão de Mauá em 1854.

8. Xote das Marias- Xote.
Uma canção singela como uma lágrima ou um gesto de carinho, ou como todas as mães, aqui representadas pelo nome de Maria.
Na segunda parte ela entristece, representando o choro de Maria ao gerar mais uma vida.

9. Violeirando – Samba.
Uma mistura de swing como modelo da música brasileira, o Samba.
Assim sendo, Violeirando significa que a viola caipira tem um pouco de Samba em sua raiz e também tem história no estado de São Paulo e interior mineiro.

10. Coração de Violeiro- Cateretê.
Esta canção é uma simples melodia, com um pouco do romantismo do violeiro, onde os instrumentos se encontram em um dueto de notas simples e belas harmonias para formar e acompanhar o CORAÇÃO DE VIOLEIRO.

 
   
      

Fabio Porte - Cantor e Compositor

 
Contato / Shows: contatofabioporte@gmail.com   |  +55 (11) 9 7351.8503 (Vivo)
 

© 2018 Todos os Direitos reservados à Fabio Porte